segunda-feira, 5 de maio de 2008

Dentinhos, parte 493!




Onde é que se meteram estes 15 dias?


Eu sei. Todos os anos, os preparativos do aniversário das crianças, junto com o meu, evaporam-me duas semaninhas do calendário.

Do início. Uma semana antes marquei a consulta dos seis anos, rotina. A Rita mede 1.21m e pesa 23,5Kg. O Afonso, sob protesto, mede 1.16, (ficou furioso), e pesa 22.5Kg. Isto dá cabo do Afonso,

perder, nem a feijões.

Ver barriga, dentes, e ... a Rita tem um dente a abanar! Viu os do Afonso, voltou a ver os da Rita e sem ela se aperceber, dente na mão do doutor! Boquinha com sangue, mãe a ver o consultório a andar à roda. Não tenho melhoras! A Rita super feliz porque o seu 2º dente tinha caído antes do do irmão. Terminada a consulta, saímos do consultório com Afonso a chorar:

- Não é justo, a mim não me arrancou nem um dentinho!

Toda a gente a rir à gargalhada. Doentes, empregados, médicos, donos da clínica e até as pessoas que passavam à porta enfiavam o nariz. Eu já não sabia se tinha pago ou não, se tinha carimbado ou não, onde era a saída! Enfim!

Sem comentários: